Apesar das críticas, regras para a neutralidade da Internet na UE foram aprovadas